iluminacao-wolens-01

Como tornar o seu apartamento mais aconchegante com segredos de iluminaçãoTempo de leitura: 2 min

Cada cômodo de um apartamento possui um diferente propósito. Os quartos devem ser confortáveis e aconchegantes, assim como as cozinhas devem ser acolhedoras e práticas, e todos os elementos desses espaços têm sua influência sobre cada atmosfera. Porém há um ponto que nem sempre é tratado com importância e trabalhado de maneira correta: a iluminação. Por isso nós, da Wolens, mostramos neste post como tornar o seu apartamento mais aconchegante com segredos de iluminação.

Primeiro, precisamos desmistificar uma questão. A tonalidade de uma luz não influencia na visibilidade do ambiente. Tons mais frios ou mais quentes provocam alguns sentidos, mas não mudam a capacidade de uma melhor visibilidade. Você pode ter uma luz em tons mais quentes ou mais frios, contudo o que definirá a visibilidade no cômodo é a intensidade dessas luzes.

iluminacao-wolens-02

Lugares que requerem atenção, onde é realizado algum tipo de trabalho, podem contar com luzes mais frias de alta intensidade, bem como iluminação direta em alguns pontos como bancadas e mesas de estudo e trabalho.

iluminacao-wolens-03

Locais próprios para lazer podem ser mais aconchegantes com o uso de tons quentes e iluminação indireta, difusa ou mista. Você pode usar spots maleáveis para dar foco em prateleiras ou objetos de decoração, e luzes indiretas para uma iluminação confortável do espaço.

iluminacao-wolens-04

Pronto para tornar o seu apartamento mais aconchegante com segredos de iluminação? Nós, da Wolens, prezamos pelo bem-estar e felicidade encontrados em cada aspecto da vida. Assim como a iluminação, vários outros aspectos em seu lar podem fazer a vida ser mais leve e prazerosa. Aqui, no Blog da Wolens, você pode ler mais sobre o assunto conferindo o que falamos sobre o Hygge: um conceito e segredo dinamarquês para a felicidade.

Um comentário sobre “Como tornar o seu apartamento mais aconchegante com segredos de iluminaçãoTempo de leitura: 2 min

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *